Norden

Conheça o Centro Cirúrgico do Norden

Conheça o Centro Cirúrgico do Norden

O Centro Cirúrgico do Norden em São Carlos é um dos setores mais movimentados do hospital. Conta com três salas cirúrgicas: duas para cirurgias de grande porte e uma para pequenos procedimentos. Tudo foi pensado para proporcionar condições excelentes à execução de cirurgias, com cuidado integral e seguro ao paciente.

Nos últimos meses o Hospital realizou um investimento de R$ 1 milhão em novos equipamentos que vão permitir a realização de procedimentos mais complexos. Com a aquisição de um arco cirúrgico com tecnologia avançada, iniciou a realização de cirurgias neurológicas, ortopédicas, vasculares e a implantação de marca-passo. Também foi adquirido um microscópio para realização de neurocirurgias e cirurgias oftalmológicas.

Além disso, esta equipado para a realização de cirurgias por vídeo, que permitem um menor tempo de pós-operatório e a recuperação mais rápida do paciente.

Em parceria com equipe do Norden e o principal time de anestesistas da cidade, os cirurgiões trabalham com os melhores padrões de qualidade. “O Norden é um hospital que transmite segurança e entrega conforto para meus pacientes”, diz o cirurgião plástico Dr. Marcio Ferreira, que junto ao Dr. Auro de Andrade Filho forma uma das principais equipes de cirurgia plástica em São Carlos.

Já segundo Lucivaldo Nascimento, enfermeiro-chefe do setor, o Hospital realiza um trabalho minucioso para entregar um serviço de saúde de excelência. "Contamos com uma equipe multiprofissional competente e qualificada. Isto ocorre desde o agendamento cirúrgico até a alta hospitalar", diz.

Veja as especialidades atendidas

Antes de conhecer passo-a passo como funciona um Centro Cirúrgico, veja quais as principais especialidades cirúrgicas atendidas no Norden Hospital:

  • Buco Maxilo
  • Cirurgia gástrica
  • Cirurgia geral
  • Cirurgia pediátrica
  • Cirurgia plástica
  • Cirurgia oncológica
  • Cirurgia vascular
  • Cirurgia de cabeça e pescoço
  • Dermatologia
  • Ginecologia
  • Mastologia
  • Neurocirurgia
  • Oftalmologia
  • Otorrinolaringologia
  • Ortopedia
  • Urologia

Além destas, cirurgiões de outras áreas também atendem no hospital em São Carlos: entre em contato para saber mais.

Conheça o passo-a-passo de um Cirurgia

Enfermeira prepara sala antes de cirurgia ortopédica no Centro Cirúrgico do Norden Hospital, em São Carlos.
Enfermeira prepara sala antes de cirurgia no Centro Cirúrgico do Norden Hospital, em São Carlos.

Pacientes particulares, do Norden Plano de Saúde e outros convênios, como Bradesco Saúde, SulAmérica, Mediservice e Casembrapa, têm acesso aos serviços do Centro Cirúrgico do Hospital.

Independente do modelo de atendimento — se particular ou conveniado —, para agendar uma cirurgia é sempre necessário ter um encaminhamento médico. Para simplificar, podemos separar os procedimentos cirúrgicos em dois tipos: aqueles realizados em caráter de urgência e emergência e os que são agendados previamente, conhecidos como eletivos.

Enquanto as cirurgias de emergência vêm de outros setores do Hospital, como o Pronto Atendimento 24h, é a equipe médica que solicita horários e orçamento para uma nova cirurgia eletiva. Sempre quando recebe um pedido deste tipo, a equipe do Hospital produz um documento com todas as informações importantes para os cirurgiões e pacientes. Nele são descritos os valores para realização do procedimento, modos de pagamento ou financiamento e um conteúdo auxiliar sobre o Norden, sua estrutura e acomodações.

Segundo Tábata Moura, líder de atendimento do Norden, neste estágio as dúvidas mais comuns dos pacientes são aquelas justamente relacionadas à infraestrutura e ao valor da cirurgia. "Por isso temos grande um fluxo de troca de informações, que deve sanar todas as questões que o paciente tiver", diz Moura.

O valor total de uma cirurgia eletiva é formada pelo orçamento do médico mais o orçamento do hospital onde aquele procedimento será realizado. Uma vez que ambos são aprovados pelo paciente, inicia-se o processo pré-operatório.

Antes da cirurgia

O pré-operatório consiste em todas as ações e cuidados feitos antes da realização de uma cirurgia. Apesar de cada procedimento ter orientações específicas, é comum neste estágio compartilhar também informações gerais ao paciente. Já neste estágio, o foco é minimizar todo e qualquer risco de complicações durante e após o procedimento.

Em muitos casos, existem avaliações médicas específicas que devem ser realizadas antes da cirurgia. A depender do cirurgião e das características do procedimento, pode ser necessária uma consulta com um anestesista. Neste encontro, chamado de avaliação pré-anestésica, o médico além de avaliar as condições gerais de saúde do paciente também analisa se há segurança para a realização do ato cirúrgico.

Estando apto, o paciente inicia uma segunda etapa do pré-operatório. É neste período que deve preparar-se física e, por que não, psicologicamente para o dia da cirurgia.

É necessário, por exemplo, realizar jejum de 12h antes do procedimentos, tanto para alimentos sólidos quanto líquidos. Para as mulheres, se optarem pelo uso de esmalte, deve ser de coloração clara nas mãos e pés, facilitando a visibilidade natural das unhas.

Outros cuidados pessoais necessários são a remoção de pelos, lavagem dos cabelos um dia antes e banho com sabonete comum um pouco antes do procedimento. Não é recomendado o uso de qualquer cosmético e adorno.

É importante lembrar que durante todo o período antes da cirurgia o paciente tem suporte pelo telefone com uma equipe do Norden. Dúvidas sobre os preparativos e até ansiedade com a realização da cirurgia são temas tratados por este canal.

No dia da cirurgia, o paciente deve chegar ao Hospital, na Avenida Getúlio Vargas, 740, com duas horas de antecedência para a abertura do atendimento. A chegada com antecedência permite que o paciente e seu acompanhante abram a ficha de internação, sejam acomodados no quarto onde irão aguardar até o momento de ir para o centro cirúrgico. Imagine que o centro cirúrgico funciona como um aeroporto: chegar antes faz parte do processo para não acontecerem atrasos nas demais cirurgias e procedimentos do dia.

É nessa fase também que nossa equipe irá passar orientações importantes sobre o processo de internação. Tudo começa com o checklist de cirurgia segura. Trata-se de uma extensa lista de ações realizada pela equipe de enfermagem e pelo paciente.

Em qualquer setor, seja de um hospital ou de outras empresas, procedimentos que são repetidos várias vezes ao dia precisam de atenção redobrada para evitar falhas e adversidades. Por esse motivo iniciar uma cirurgia é como decolar um avião. Utilizamos vários checklists que seguem uma ordem específica, garantindo que todas as etapas sejam cumpridas da melhor maneira e resultando em um processo cirúrgico extremamente seguro.

Durante a cirurgia

Os checklists da cirurgia segura continuam sendo aplicados durante o procedimento e depois, no pós-operatório. Durante o procedimento ele é dividido em três etapas: O check-in (admissão na sala cirúrgica), time out (início do procedimento) e check-out (término do procedimento).

Na prática, funciona como um prontuário simplificado. Com ajuda dele é realizada uma comunicação ativa para identificação do paciente, da equipe responsável, das instruções associadas ao procedimento, materiais usados e qualidade geral dos processos.

Além disso, é usado uma técnica de mapeamento e identificação de riscos. Para isso, são usados adesivos de 4 cores diferentes, cada cor representando um cuidado. A cor azul indica risco de lesão por pressão, amarelo risco de queda, vermelho demonstra que o paciente possui alergias e, por fim, o cinza para risco de broncoaspiração (como dificuldade respiratória).

Este processo descomplica o acesso a informações importantes, minimizando a ocorrência de eventos adversos, o nome dado a qualquer ocorrência desfavorável que pode colocar o paciente ou colaborador em risco, seja pelo uso de um medicamento ou procedimento realizado.

Para diminuir ainda mais os riscos, as salas cirúrgicas do Norden Hospital contam com um arsenal de medicação rápida. Não é necessário a saída de membros da equipe para buscar materiais e medicamentos.

Quem é quem na sala cirúrgica

Dr. Raphael Kwitschal Lapezak durante cirurgia vascular no Centro Cirúrgico do Norden Hospital, em São Carlos.
Dr. Raphael Kwitschal Lapezak durante cirurgia vascular no Centro Cirúrgico do Norden Hospital, em São Carlos.

Em cirurgias de maior porte, a equipe cirúrgica é formada por um um cirurgião, um auxiliar médico, um instrumentador, um técnico de enfermagem, um enfermeiro e um anestesista.

Durante o procedimento, o auxiliar médico é o braço direito do cirurgião responsável, prestando todo apoio necessário.

O instrumentador é responsável por montar a mesa cirúrgica com os aparelhos e instrumentos que serão usados. A equipe de enfermagem monta a sala, prevendo e provendo os materiais importantes para a cirurgia.

Caso o paciente precise de anestesia geral, a responsabilidade de aplicá-la é do anestesista. Esta modalidade anestésica é indicada para as cirurgias de grande porte ou mais complexas. Mas também existe a anestesia local, que bloqueia a dor apenas em regiões específicas do corpo e pode ser aplicada pelo próprio cirurgião. A escolha da anestesia é a critério do médico, mas sempre que for necessária a anestesia geral é preciso passar pela avaliação anestésica.

Um dos grandes receios do paciente é justamente a anestesia, principalmente a anestesia geral. A tecnologia, no entanto, evoluiu muito nesse setor nas últimas décadas.

Os aparelhos modernos monitoram dezenas de parâmetros durante a cirurgia. Os médicos anestesistas ficam extremamente focados e prontos para oferecer uma sedação tranquila e segura. As medicações melhoraram a ponto de ser possível controlar minuto a minuto o grau de sedação do paciente.

Diariamente acontecem milhares de anestesias no país sem qualquer ocorrência. Para quem gosta de ver os dados para fazer sua própria análise factual: a taxa média de evento adverso em uma anestesia é da ordem de 8 para cada 10.000 anestesias realizadas. Isso equivale a uma chance de 0,0008% de acontecer alguma coisa.

Mesmo assim, é para garantir ainda mais a segurança do paciente que, além da avaliação pré-anestésica, o hospital implementa ações de suporte para detectar qualquer variação nos dados que podem indicar algum acontecimento fora do padrão. Após milhares de procedimentos, o Norden Hospital segue sem eventos adversos relacionados a anestesia em seu centro cirúrgico.

Após a cirurgia

O cirurgião plástico Dr. Daniel Kiyomura realiza cirurgia no Centro Cirúrgico do Norden Hospital.
O cirurgião plástico Dr. Daniel Kiyomura realiza cirurgia no Centro Cirúrgico do Norden Hospital.

No pós-cirúrgico o paciente vai para a sala de Recuperação Pós-Anestésica (RPA), localizada dentro do centro cirúrgico. O objetivo agora é prover um cuidado integral até o paciente estar recuperado da anestesia. Só depois desta etapa será encaminhado de volta para seu quarto, para completar sua recuperação em um ambiente tranquilo, seguro e confortável.

Muitas cirurgias no Norden prescindem apenas da estrutura de Hospital-Dia. Ou seja, antes mesmo de completar 24h do procedimento o paciente já estará de volta à sua casa. Com o aumento da complexidade dos Centro Cirúrgico, tornou-se mais comum no entanto internações mais prolongadas, durante as quais o paciente fica na enfermaria do hospital pelo tempo necessário para a recuperação.

Independente do caso, o Norden oferece acompanhamento e orientação personalizados de sete dias com o time de saúde, que auxilia os pacientes com dúvidas e eventuais desconfortos do pós-operatório.

Passados 30 dias da cirurgia para pacientes que não colocaram prótese ou 90 dias para os que colocaram, o Hospital entra em contato com o paciente para preencherem juntos o Formulário de Rastreamento Pós-Operatório. Este importante documento serve para captar dados relacionados a infecção ou eventos adversos.

Segundo o cirurgião plástico Dr. Daniel Seiti Kiyomura, são ações como essas que garantem mais segurança e conforto para médicos e pacientes no modelo de atendimento do Norden. "Agradeço o trabalho dos funcionários do centro cirúrgico que sempre atendem meus pacientes e à minha equipe com respeito e carinho."

Para saber mais

Se você está planejando uma cirurgia e tem alguma dúvida adicional sobre o Centro Cirúrgico do Norden, envie um email para nossa equipe, agende uma visita ao Hospital ou, ainda, clique aqui para fazer um tour virtual nas nossas instalações.

A unidade do Norden Hospital em São Carlos foi inaugurada em 2018 e vem evoluindo constantemente sua oferta de serviços de saúde na cidade.

[Atualizado em 12/07/22: Adicionada novas especialidades cirúrgicas.]

Leia Mais