Sua Saúde

Câncer de Próstata e suas implicações para a saúde do homem

Câncer de Próstata e suas implicações para a saúde do homem

O câncer de próstata evolui devagar e não costuma apresentar sintomas. Em estágios mais avançados, pode causar dificuldade para urinar e presença de urina com sangue.

Diariamente, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e aproximadamente 3 milhões vivem com a doença. Entre indivíduos do sexo masculino, este é em geral o primeiro câncer a ser adquirido ao longo da vida e o segundo que mais causa mortalidade - logo depois de neoplasias do sistema respiratório.

Mas, ainda assim, em uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 50% dos entrevistados nunca tinham ido ao urologista, o especialista no sistema reprodutivo masculino.

Todo ano tiramos o mês de novembro para incentivar os exames preventivos. Entretanto, dada a importância da doença e a resistência cultural, isso deveria acontecer todos os dias do ano.

Ao longo do Novembro Azul, acompanhamos as ações de conscientização, cujo objetivo é incentivar nos homens - e suas famílias - o hábito de monitorar a saúde regularmente, seja a partir de consultas ou exames de rotina.

Enquanto novembro não chega, preparamos um breve guia para você entender melhor esta doença e suas implicações na saúde do homem.


O que é e qual é o impacto do Câncer de Próstata?

Câncer de Próstata e suas implicações para a saúde do homem

A próstata é uma glândula e um músculo do sistema reprodutivo masculino. Com cerca de 4 centímetros, está localizada entre a bexiga e o pênis. A sua principal função é secretar um fluido que protege e nutre o esperma.

Câncer é o grupo de doenças causadas pela multiplicação descontrolada de células do corpo, causando tumores que afetam o local onde surgiram e podem potencialmente afetar diferentes tecidos.

O tumor cancerígeno pode se desenvolver em qualquer parte dessa glândula. Nas fases mais avançadas, este câncer atinge os tecidos ao redor.

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce.

Como já vimos, na fase inicial, o câncer tem evolução silenciosa e alguns pacientes não apresentam sintomas. Quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura.

Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência, presença de sangue na urina e/ou no sêmen, infecção ou até insuficiência renal.

Por que isso é importante?

É muito importante fazer visitas regulares ao médico do seu plano de saúde e, sempre quando recomendado, realizar os exames periódicos.

Em relação ao câncer de próstata, é indicado que, mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, marquem uma consulta com o urologista para realizar exames de checagem.

Entre os fatores de risco estão: histórico familiar de câncer de próstata (pai, irmão e tio); obesidade e etnia: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer.

Como diagnosticar e tratar o Câncer de Próstata?

Câncer de Próstata e suas implicações para a saúde do homem

As opções de diagnósticos são o exame de toque retal e o exame de sangue PSA.

O exame de toque retal permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos. É rápido, indolor e extremamente necessário. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pelo toque retal.

O exame de sangue PSA identifica o grau de avanço do câncer de próstata e outras doenças masculinas no organismo. Porém, outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

Quem cuida?

Antes da instalação deste câncer (que atinge ou já atingiu 67% dos homens de mais de 80 anos), o médico que faz o acompanhamento da saúde para verificar os riscos é o urologista

Além de cuidar do trato urinário de homens e mulheres, ele é especializado no sistema reprodutivo masculino.

Ao descobrir o câncer na próstata, além do urologista, é recomendado ter sempre o acompanhamento de um oncologista, que é o especialista no tratamento de cânceres.

Qual o tratamento?

As formas de tratamento do câncer de próstata são:

  • Cirurgia,
  • Radioterapia
  • Quimioterapia.

A indicação do melhor curso de tratamento vai depender do estágio da doença, o estado da saúde e a expectativa de vida do paciente.

Conclusão

Pesquisas apontam que os homens têm medo de descobrir uma possível doença e se sentem constrangidos em alguns exames que envolvem saber o peso ou mostrar alguma parte do corpo. Já falamos sobre isso aqui no blog, no artigo “Os homens vão menos ao médico. Mito ou realidade?”.

Essa inibição de mostrar o próprio corpo, acaba incentivando o homem a não realizar o principal exame para o diagnóstico de câncer de próstata, o exame de toque.

Ele consiste na inserção do dedo protegido por luva e lubrificado no reto do paciente para analisar as condições da próstata. Este exame pode detectar nódulos cancerosos e aspectos de elasticidade que indicam inflamação.

Todos os esforços de esclarecimento são importantes para conscientizar homens e suas famílias sobre a urgência em vencer o preconceito com relação a este e outros exames importantes para a saúde masculina.

Notas

Cuidar da saúde é um ato de amor. Consigo mesmo, com as pessoas que te amam e te querem bem.

Nossa dica é: converse com seu médico aqui no Norden até você se sentir confortável. Tire dúvidas, quebre preconceitos e, acima de tudo, cuide de você.

Acesse nosso site ou mande uma mensagem: 16 3363-2200.

Leia Mais