Bem-Estar

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Estar grávida ou planejar a gravidez são duas das coisas mais emocionantes da vida. Sem contar que transmite alegria para todos à nossa volta. As pessoas querem ajudar dando conselhos ou trocando experiências. Nós do Norden Plano de Saúde também queremos estar com você neste momento. Por isso, separamos as sete perguntas mais frequentes que ouvimos das mulheres que querem ter uma gravidez saudável.

Antes de mais nada, anote aí algumas dicas rápidas que os especialistas consideram fundamentais para a saúde da mãe e do bebê.

Primeiro, converse muito com seu médico do Plano de Saúde e siga à risca suas orientações. Além disso, cuide para ter hábitos que promovam bem-estar.

Você já ouviu falar no ‘Plano de Nascimento’?

Depois, escreva seu ‘Plano de Nascimento’. Sim, isso mesmo! Nele você vai deixar claro o que quer e o que não quer que aconteça na sua jornada. Tais como:  quem deve estar presente no momento, coisas para evitar, roupas especiais, enfim, diga como deverá ser o parto de seus sonhos.

Mantenha-se ativa e faça exercícios. Isso é bom para a saúde geral e reduz o estresse. Assista a uma aula de parto e faça perguntas. Evite exposição a produtos químicos, contato com bactérias e não levante objetos pesados.

Reduza um pouco das tarefas diárias. Fique de olho no seu peso, compre sapatos confortáveis e ponha os pés para cima várias vezes ao dia. Mime-se e diga sim aos seus desejos, mas só de vez em quando! ❤️

E, por fim, saiba a hora de chamar o médico. Fique atenta às dores de toda natureza, tonturas, desmaios, palpitações e fortes cãibras. Ao mesmo tempo, observe também possíveis vazamentos, contrações a cada 20 minutos e redução das atividades do bebê.

Com este roteiro inicial você vai chegar aqui, ao Norden Hospital, em ótimo estado e nós vamos fazer tudo para que o parto saia como você planejou.

Se deseja mais informações sobre o ‘Plano de Nascimento’, sinta-se à vontade para falar com a gente. Você será bem acolhida.


Pergunta 1: É normal ter cansaço em uma gravidez saudável?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Sim, o cansaço é normal. Aliás, este é um dos sintomas mais comuns. Às vezes, a sensação é de completa exaustão. Junto com ele vem um sono aparentemente inexplicável. Nem dá para assistir ao capítulo inteiro da novela ou do seriado.

No primeiro trimestre, o cansaço é provocado pelas alterações hormonais e fisiológicas que o corpo sofre. A progesterona é o hormônio que mais aumenta: cerca de 500%. Ela é fundamental para a manutenção da gravidez e para o desenvolvimento do feto. Entretanto, tem como efeitos colaterais exatamente a sensação de cansaço e o sono.

No segundo trimestre, os níveis normais estabilizam e os efeitos diminuem bastante. Com isso, a grávida volta a se sentir bem disposta. ❤️

Porém, no terceiro trimestre, o corpo se vê obrigado a carregar uns quilos a mais. Aproximadamente são: 3 quilos do bebê, de 6 a 8 quilos de líquido amniótico e água corporal e 2 quilos de placenta e útero. Portanto, em média, são 12 quilos.

Nem dá tempo para o corpo se adaptar

Além disso, o sono volta a atacar porque a barriga, já grande, atrapalha o descanso noturno. Nos últimos meses, a grávida precisa deitar-se de lado, com grande dificuldade de mudar de posição, o que impede uma boa noite de sono.

Isso, sem contar o fato de que a progesterona e a compressão da bexiga pelo útero promovem várias idas ao banheiro, interrompendo ainda mais o descanso.

Ter cansaço e sono não só é normal como também é importante para a gravidez. Isso porque eles avisam que o corpo precisa descansar e economizar energia para desenvolver o bebê.

Entretanto, se isso está incomodando muito, o melhor a fazer é conversar com seu médico do Plano de Saúde. Ele vai ajudar a atenuar os efeitos, para que você tenha uma gravidez saudável e feliz.

Pergunta 2: Quando os enjoos vão parar?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Você sabia que mais da metade das mulheres sentem enjoos na gravidez? Algumas pesquisas indicam que até 90% têm algum grau de náusea, por menor que seja.

Mas, fique tranquila.

Temos quatro boas notícias para te dar sobre este sintoma da gravidez.

Primeira: isso é, na verdade, um bom sinal. Segundo os especialistas, significa que a gravidez está indo bem e que os hormônios estão equilibrados.

Segunda boa notícia: a grávida que sente enjoo leve sobre menos abortos que as mulheres sem o sintoma. Curioso, não?

Terceira notícia boa: calma, isso vai passar! ❤️

Na maioria dos casos, náuseas e vômitos acontecem entre cinco e seis semanas de gravidez e só pioram ao redor das nove semanas. Isso vai até a 18ª semana de gestação, no máximo.

Contudo, em 20% dos casos pode continuar até o terceiro trimestre. E só em 5% deles perdura até o parto.

Dicas para tratar e aliviar os efeitos

Quarta notícia alvissareira: sim, os enjoos têm tratamento. Basta procurar seu médico do Plano de Saúde, que ele vai ajudar. Você vai experimentar vários tipos de tratamento até encontrar aquele que melhore seu bem-estar.

Algumas dicas são valiosas, como evitar os gatilhos. Ou seja, os sabores e cheiros que desencadeiam as náuseas. Tire também os alimentos picantes, frituras, fumo e fuja de produtos químicos.

Inclua bons hábitos, como fazer pequenas refeições ao longo do dia, para não deixar o estômago vazio. Procure alimentos ricos em proteínas ou carboidratos e pobres em gordura.

Quer mais dicas? Entre em contato com nossos especialistas. Nós adoramos receber bem!


Pergunta 3: O exame de ultrassom é seguro?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

No pré-natal é muito importante acompanhar de perto a saúde da mãe e do bebê. E, para isso, um dos exames mais solicitados é o ultrassom.

Embora seja bem conhecido, ele ainda gera muitas dúvidas. Por isso, o melhor é se informar bem para compreender como ele funciona.

Esta tecnologia se baseia em ondas sonoras com frequência superior à que as pessoas podem ouvir.

O exame é rápido, durando em média meia hora. O equipamento emite estes sons inaudíveis, que entram no corpo e, na sequência, capta os ecos. As intensidades dos ecos revelam as distâncias de cada ponto e o computador, então, monta a imagem.

Diagnóstico mais seguro garante uma Gravidez Saudável

As imagens em duas ou três dimensões são analisadas, contribuindo para um diagnóstico de maior qualidade e alta precisão.

Não há efeitos colaterais nem danos à saúde da mãe ou do bebê. Não há também restrição de periodicidade, podendo ser solicitado de acordo com a necessidade. Geralmente, são pelo menos quatro exames durante a gestação.

Mas, a gente sabe que o exame de ultrassom mais esperado é o que revela o sexo do bebê, podendo ser realizado entre 14ª e a 16ª semana. ❤️

Ficou curiosa para saber mais sobre o exame de ultrassom? Converse com nossos especialistas. Você é muito bem-vinda!


Pergunta 4: Como devo me preparar para o parto?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

A gravidez vai avançando e a data prevista para o parto vai se aproximando. A ansiedade é natural nestes dias. O bebê começa a dar sinais de que está pronto para vir ao mundo por volta da 40ª semana.

Quanto mais preparada a futura mãe estiver, menos aflita ficará. Por isso, listamos cinco dicas de ouro para você passar por este lindo momento da melhor maneira possível:

1 - Trabalhe corpo e mente

Faça exercícios físicos sob orientação, respeitando os limites do corpo. A musculatura forte vai ajudar na hora do parto. Ao mesmo tempo, prepare-se psicologicamente. Esteja ao lado das pessoas que ama. Isso tranquiliza e dá segurança. Você vai enfrentar não só os desafios do parto, mas também a apreensão com o início da nova vida como mãe.

2 - Mantenha a alimentação saudável

O peso e o tamanho que o bebê adquire durante a gravidez recebem influência direta da alimentação da mãe. Um bebê muito grande pode criar problemas. Alimentos saudáveis ajudam no fortalecimento da gestante e do bebê, além de evitar doenças. Fale com seu médico do Plano de Saúde para definir uma dieta que assegure boas condições para o parto.

3 - Conheça a equipe médica

Visite a maternidade, conheça a equipe envolvida e converse com o médico sobre a estrutura disponível. Veja também se eles estão preparados para o tipo de parto que você escolheu. Sabendo de tudo, você se sentirá mais preparada para o parto. O  ideal é você ter todos os recursos reunidos em um único lugar, com toda a assistência necessária de prontidão.  

4 - Prepare as malas antes

Esta é a etapa mais prazerosa. Os cuidados com as malas da mãe e do bebê já são uma declaração de amor e carinho. O ideal é que estejam prontas a partir da 36ª semana. Lembre-se de lavar tudo com sabão neutro e, no caso do bebê, separe as roupinhas mais adequadas para a estação do ano. Esteja pronta porque ele pode chegar a qualquer momento. ❤️

5 - Atenção aos sinais do parto

O seu médico do Plano de Saúde vai dar todas as dicas. Com a chegada do bebê, as contrações ficam mais frequentes. Pode ser que haja um sangramento, como se fosse menstruação ou até maior, com cólicas ou contrações. Pode ocorrer também o rompimento da bolsa d’água e o líquido amniótico, com tom esverdeado. É hora de ir para o hospital.

Se puder, informe-se sobre armazenamento de células-tronco umbilicais, que ajudam no tratamento de doenças. Quer saber mais? Converse com a gente. Os especialistas do Norden Plano de Saúde vão ajudar você.


Pergunta 5: O que é Baby Blues e como superar?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Pressões familiares e sociais, ansiedade para ser uma boa mãe, alterações hormonais. Estes são alguns dos fatores que estão por trás do Baby Blues, ou tristeza pós-parto. Não se trata de depressão, que precisa ser tratada com cuidados médicos e psicológicos.

Baby Blues é um período curto de tristeza em que a mulher se sente desanimada, irritada e melancólica. Tem alterações de apetite, insônia e uma incontrolável vontade de chorar.

Especialistas dizem que o Baby Blues atinge mais da metade das mulheres, tanto as mães de primeira viagem como as veteranas. O que fazer?

Primeiro, converse sobre isso com seu médico do Plano de Saúde e esteja preparada para esta eventualidade.

Se ocorrer, espere o tempo passar.

Chore, descanse e peça ajuda. Todo apoio é importante: marido, parentes, amigos e, principalmente, as amigas que já são mães.

O cansaço é natural, mas evite confundí-lo com desânimo. Mude os hábitos adquiridos na gravidez e incorpore os novos hábitos que chegam com o bebê.

Repouse o quanto necessário, mas evite ficar de pijamas o dia inteiro. Pense em sair de casa com o bebê, nem que seja para um passeio bem curto. ❤️

Lembre-se, a sua capacidade de cuidar do bebê nasceu com ele. Reconheça seu esforço e dedicação. Isso aumenta a autoestima e ajuda a se livrar dos efeitos do Baby Blues.


Pergunta 6: Quando acontece a descida do leite materno?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Depois do parto, o leite materno não desce automaticamente. Se o parto for normal, o leite demora de 48h a 72h para descer. Se for cesárea, principalmente a agendada, o tempo tende a ser um pouco maior.

Importante ressaltar que, neste período de espera, não há necessidade de dar leite artificial. Isso porque a descida do leite é gradual, em três etapas:

O primeiro leite é o colostro. Assim que sai a placenta, os hormônios estimulam sua produção. Ele é mais grosso, meio amarelado e contém anticorpos que ajudam a proteger o bebê de diversas doenças. O colostro ainda não dá a sensação de peito cheio. Mas, continue a oferecer o peito ao bebê porque a sucção ajuda a estimular a produção do leite.

Depois vem o leite da transição. Ele chega entre o segundo e quarto dia. É neste momento que ocorre a famosa descida do leite, que deixa o peito pesado. Este é um leite mais aguado e deixa o peito endurecido. Mesmo com a dor, é importante continuar estimulando a amamentação.

Leite mata a sede, sacia e protege

Por último, chega o leite maduro. Isso ocorre cerca de 15 dias depois do parto. Ele vem em grande quantidade, mais branco e muda conforme as necessidades do recém-nascido. ❤️

Amamentar é um aprendizado e depende de adaptação. Portanto, a informação correta é importante para a mãe e essencial para o bebê.

Por isso, não deixe de tirar todas as suas dúvidas com profissionais especializados e preparados para orientar você. Fale com a gente!


Pergunta 7: Demora para o corpo voltar ao que era?

7 Perguntas e Respostas sobre Como ter uma Gravidez Saudável

Depois do parto, a mulher começa a passar por um novo período de mudanças físicas, hormonais e emocionais. O corpo, que até então abrigava o bebê, inicia o caminho de volta.

Quanto mais saudável for a gestação, mais rapidamente o corpo se recupera.

No caso do parto natural, o tempo é menor. Já a cesárea deixa cortes, que aumentam o desconforto e as chances de complicações. De maneira geral, em 15 dias a mulher começa a se sentir bem para fazer caminhadas leves.

A etapa completa do resguardo dura cerca de 45 dias, terminando com a volta da menstruação. Muita coisa acontece nesse período: endurecimento das mamas, barriga inchada, incontinência unitária, sangramentos e desconforto íntimo.

Contudo, o rearranjo hormonal pode demorar até seis meses, que é o tempo médio para o corpo se recuperar por completo, naturalmente.

A amamentação ajuda muito na perda de peso. A alimentação balanceada também, sem excessos de sal, gordura e açúcar.

Porém, tenha cuidado com a pressa e também com as dietas milagrosas. Neste período a resistência do organismo fica mais baixa. Se a mulher não se alimentar corretamente e exagerar nos esportes, pode piorar ainda mais a situação e facilitar infecções.  

O corpo da mulher já nasce preparado

Sem dúvida, a barriga é a parte do corpo que mais passa por transformações na gravidez. O útero, que normalmente tem o tamanho de uma pera, cresce até atingir as dimensões de uma melancia. Os outros órgãos se deslocam, os músculos abdominais vão para os lados e a pele estica.

Parece assustador. Mas, não para o corpo da mulher, que já nasce preparado para isso. Mas, uma ajudinha vai bem, não é mesmo? Passe hidratantes e óleos vegetais para firmar a pele. Trate as estrias e a flacidez.

Beba cerca de 3 litros de água por dia, porque ajuda na produção do leite e estimula o funcionamento dos rins, eliminando os líquidos que estão retidos no corpo e melhorando a aparência da barriga. ❤️

Se você precisar de um acompanhamento neste caminho de volta, fale com nossos especialistas. Sua recuperação vai ser tão maravilhosa quanto foi a chegada de seu bebê.

Em resumo

Ter uma gravidez saudável é o sonho de toda mãe e é o que de melhor pode acontecer para o bebê. Além de ser um acontecimento ímpar na vida de qualquer família.

Isso envolve fazer um bom planejamento e uma boa preparação para o parto. Saber lidar com o cansaço natural do corpo e com os enjoos também ajuda.

Usar o que há de melhor em tecnologia para diagnósticos precisos dá a segurança necessária para saber que está tudo bem com os dois.

Cuidar do corpo e da mente é fundamental. E estar amparada por familiares e amigos, além da equipe médica de confiança do Plano de Saúde, permitirá que o parto saia como desejado.

Esta é uma jornada que reúne uma infinidade de atos de amor, como o aprendizado da amamentação, no contato íntimo entre mãe e bebê.

Dar a vida e alimentá-la são os atos supremos da maternidade, que merecem estar cobertos de cuidado e carinho.

https://meunorden.com/


Leia Mais