Sua Saúde

O Que é um Plano de Saúde Ambulatorial?

O Que é um Plano de Saúde Ambulatorial?

Ter um plano de saúde é um dos maiores desejos da família brasileira (só perdendo para a casa própria e a escola particular). Como ter acesso a atendimento médico de qualidade é também uma necessidade básica na vida de todos nós, muitas pessoas encontram o melhor custo-benefício contratando um plano de saúde ambulatorial.

Mas, afinal, o que quer dizer esse ambulatorial? Se você tem essa dúvida, chegou ao lugar certo. É exatamente isso que vamos responder neste texto.

Primeiro, vamos começar explicando o que quer dizer ambulatorial. Em seguida, falaremos mais sobre esse tipo de plano de saúde, o que cobre, o que não cobre e como contratar um.

Em termos gerais, o ambulatório de um hospital é o serviço destinado ao diagnóstico ou tratamento de pacientes sem a necessidade de internação. Na verdade, o mesmo tipo de atendimento também encontramos em clínicas, consultórios, laboratórios e outros serviços de saúde.

Um hospital-dia, por exemplo, presta assistência para a realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos que requeiram a permanência do paciente na unidade por um período máximo de 12 horas.

Já a divisão — ou segmentação — entre plano de saúde hospitalar e plano de saúde ambulatorial foi definida pela Agência Nacional de Saúde (ANS). Essa agência é a responsável por toda a regularização do mercado de plano de saúde no Brasil.

No entanto, em muitos locais do pais, incluindo o estado de São Paulo, essa divisão ainda gera algumas dúvidas na hora de contratar um plano.

Descubra agora tudo o que precisa saber sobre o convênio ambulatorial para decidir pela sua contratação. Caso queira informações mais detalhadas sobre planos de saúde, não deixe de ler nosso super guia.

A cobertura do plano de saúde ambulatorial

Médico cumprimenta criança durante consulta ambulatorial.
Médico cumprimenta criança durante consulta ambulatorial.

O plano de saúde ambulatorial, como sugere o nome, faz a cobertura da assistência médica em ambulatório pelo período máximo e contínuo de 12 horas. Cobre Pronto Atendimento, consultas médicas com especialistas, exames simples, complementares e especiais, tratamentos como oncologia e hemodiálise, terapias, procedimentos cirúrgicos ambulatoriais e outros serviços.

E o que não é coberto? Estes planos não cobrem qualquer procedimento hospitalar que precise de internação mais longa do que 12 horas. Para ter acesso a este tipo de serviço, é preciso ter um plano hospitalar ou, melhor ainda, um que tenha cobertura ambulatorial e hospitalar.

Mesmo os atendimentos de urgência e emergências no convênio ambulatorial estão limitados a estas primeiras 12 horas. Caso seja necessário um período de observação ou internação maior que esse, o beneficiário pode decidir arcar com os custos do serviço no próprio hospital onde está, ir para outra instituição particular ou, caso prefira, ser transferido sem custo adicional para a rede pública.

A melhor forma de saber exatamente que tipo de serviços estão incluídos no plano ambulatorial é pesquisando no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS. Trata-se de uma lista de todos os atendimentos obrigatoriamente incluídos na cobertura de uma plano de saúde.

Em geral, o que as pessoas mais usam e precisam no planejamento da saúde é coberto no plano Ambulatorial por valores mais acessíveis do que a mensalidade dos Planos com cobertura também hospitalar. É só calcular quantas vezes ao longo da vida passamos em consultas — muitas — e quantas vezes precisamos ser internados — para a maioria das pessoas, quase nunca.

Como funciona a carência

Os tempos de carência de um plano ambulatorial costumam ser os mesmos para os planos com cobertura para internação e obstetrícia. Para tornar a adesão mais atrativa, no entanto, algumas operadoras oferecem facilidades adicionais para quem quer contratar o primeiro.

A carência é o período de espera para ter acesso a todos os serviços cobertos pelo convênio contratado. A ANS estabelece um tempo máximo que as operadoras podem praticar, em geral levando em conta complexidade do procedimento a ser realizado.

Alguns são liberados desde o momento da contratação, como o Pronto Atendimento 24h, enquanto outros precisam de um período de espera. Para partos a termo, por exemplo, a espera pode chegar a 300 dias. Isso quer dizer que ao contratar um plano a beneficiária só poderá ter seu parto sem custo adicional após este período.

Um incentivo importante e bastante comum para a contratação de um plano ambulatorial é oferecer carências reduzidas para consultas médicas e alguns exames.

As diferenças entre um plano de saúde ambulatorial e hospitalar

Casal conversa durante contratação de plano de saúde com um consultor

Como já mencionado anteriormente, a principal diferença é o tipo de cobertura. Mas há uma outra distinção importante: o preço.

O plano de saúde ambulatorial cobre urgências e emergências em Pronto Atendimento 24 horas, consultas, terapias, exames e procedimentos. Por outro lado, o hospitalar cobre cirurgias mais complexas, internações e outros serviços relacionados a esses procedimentos.

Por isso, para quem deseja ter cobertura em todos os estágios de assistência, do atendimento primário à medicina crítica, o ideal é investir em um plano de saúde com segmentação ambulatorial e hospitalar. Mas é importante lembrar que até 80% das necessidades de saúde que temos ao longo da vida são exatamente aquelas cobertas por um plano ambulatorial.

Por se tratar de procedimentos mais simples e ainda assim muito importantes, os valores dessa assistência são reduzidos em relação a outros tipos de segmentação. Por isso, o plano ambulatorial tem um custo-benefício muito atraente para famílias e empresas.

Para quem é indicado o plano de saúde ambulatorial

O plano de saúde ambulatorial é indicado para quem está procurando por um plano com o custo mais acessível e que não faz o uso recorrente de serviços hospitalares, como clientes que buscam realizar um planejamento de saúde, com checkups anuais, por exemplo.

Esse plano também é indicado para quem tem uma reserva financeira para ser utilizada caso haja a necessidade de internação no futuro.

Como contratar

Todo plano de saúde ambulatorial disponibiliza um rol mínimo de procedimentos conforme determina a ANS. Porém, você deve ficar atento a ofertas com serviços adicionais ao contratar.

Além disso, é importante observar também o custo-benefício, a qualidade do atendimento e o suporte oferecido. Aqui oferecemos um passo-a-passo detalhado.

No Norden Plano de Saúde existem várias opções de cobertura que são direcionados para famílias e para empresas. Para saber mais, entre em contato com os nossos consultores.

Leia Mais